segunda-feira, 13 de março de 2017

Jorge Ferreira de um repórter do jornalismo a plantão esportivo a um grande narrador esportivo

A história de Jorge Ferreira e bem interessante como ele chegou a posição de narrador esportivo e se transformar no "O locutor que pede bis".

Nós iremos relatar essa história.

Jorge Ferreira esteva na Super Rádio Tupi por bastante tempo era apenas um repórter do jornalismo do Roberto Feres , um dia ele resolve pedir uma chance no esporte da Tupi a Luiz Penido. Penido o coloca no plantão esportivo, até ai tudo bem, ficou lá nessa função e Penido iria e não o colocaria para narrar futebol que era seu sonho.

Eis que Garcia Júnior saindo da Rádio Carioca e migrando para a Rádio Livre AM 1440 fez um convite a Jorge Ferreira lhe garantido a chance de ser narrador de futebol, Jorge de pronto aceitou e foi para a emissora da Rua do Mercado na Praça XV, e lá começou a transmitir jogos revezando com Carlos Eduardo Macri e o próprio Garcia na 1440 AM. Jorge a cada dia melhorava sua condição de narrador esportivo foi assim até a Fluminense AM 540 depois acabou indo para a Rádio Manchete ser por enquanto repórter do jornalismo e depois narrou para a equipe Craques da Bola de Evaldo Queiroz. Na Manchete após a saída do João Guilherme indo para a Fox Sports, Jorge foi chamado pelo Rodrigo Campos chefe de esportes da Manchete para ser um dos narradores da equipe esportiva, óbvio que Jorge foi e aceitou e abraçou a oportunidade e ali na Manchete se transformou num grande narrador de futebol esquecendo que um dia foi plantão da Tupi mais não esquecia que era repórter de trânsito. Jorge inclusive foi apresentador do Manchete Esportiva na época que a Manchete AM virou Manchete On Line.

Nenhum comentário:

Postar um comentário