segunda-feira, 30 de março de 2015

Record Rio nao precisava acabar com o Balanço Geral Especial

Nao precisava a Record Rio acabar com o Balanço Geral Especial de sabado.

Se Givanildo Menezes diretor de jornalismo do Rio e Fabiano Freitas presidente da Record Rio colocassem a cabeça pra pensar era simples.

Se Ernani Alves nao tava dando a audiencia esperada porque nao colocar Tino Junior no comando do programa.

Tino tem dinamica de palco e como o programa e musica e informaçao e mais reportagens do Amin Khader o apresentador do RJ NO AR cairia bem como uma luva como apresentador do programa e daria um bom IBOPE sabendo que Tino por vir de radio FM ele tem mais contato e dinamica para entrevistar um artista e isso ele fazia na extinta BEAT 98 hoje Radio Globo.

Tino Junior merecia esse tipo de programa mais a Record prefere deixa lo no RJ NO AR aonde ele ta perdido, e Ernani Alves que poderia muito bem fazer o RJ NO AR mais isso o pessoal da Record nao entende.


Nenhum comentário:

Postar um comentário