quarta-feira, 25 de março de 2015

Crise na Band

A noticia que é repercutida nos sites especializados em TV, rádio é sobre a crise do Grupo Bandeirantes.

A emissora liderada por Johnny Saad está passando por uma crise e está tentando se adaptar a realidade hoje do Brasil.

Cortes tão sendo feitos e chegam até a assustar qualquer telespectador ouvinte da emissora.

Os primeiros cortes são no programa Agora é Tarde de Rafinha Bastos o humorista terá seu programa exibido até inicio de Abril quando será substituido o Agora é Tarde pela serie Roma. Sobre o destino de Rafinha Bastos pode no momento ficar na geladeira da emissora mais se nao conseguir algo a baixo custo para ele pode ter seu contrato reincidido, uma opção seria o CQC mais será que Rafinha vai ter compostura para está ao lado de Dan Stulbach, Marco Luque e Rafael Cortes? Nao vai falar que vai comer o bebe de alguem a mulher lá? 

O segundo será o obvio que é Luiz Bacci, o contrato do jornalista com a Band ainda segue, quando foi contratado fez o tal "Tá na Tela" que foi mal das pernas, Bacci foi nesse ano ancorar o carnaval da Bahia que a Band transmite todo o ano e foi promovido a ancora do "CAFÉ COM JORNAL" mais a saida dele pode ser o alto salário que ele recebe na emissora do Morumbi. 

Saiu uma nota no site Na Telinha que Ticiana Villas-Boas ancora do Jornal da Band terá seu contrato reincidido com a Band mesmo voltando da Licença Maternidade e Paloma Tocci será promovida apresentadora do Jornal da Band.

A ordem e cortar gastos, e as demissões vão continuar rolando na Band já até falaram que pode sobrar para os dois principais jornalistas da emissora José Luiz Datena e Ricardo Boechat.

As primeiras demissões da Band ocorreram na filial de Porto Alegre vários profissionais foram demitidos dentre eles a irmã de Patricia Poeta a reporter Paloma Poeta.

Os cortes continuaram dentro da Band agora resta saber para aonde vão esses profissionais.

No Rio de Janeiro não se sabe de cortes na TV Bandeirantes apenas aconteceram cortes na Bradesco Esportes FM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário