domingo, 14 de dezembro de 2014

Será que o diploma de jornalismo foi abolido nas grandes emissoras de rádio e TV?

Por Editor do Site:

Me pergunto ainda, será que o diploma de jornalismo vai ser abolido das grandes emissoras de rádio e TV.

Porque abordo esse assunto novamente e chato mais cada dia intriga mais.

Cada vez mais vejo nos veiculos de comunicação pessoas que não tem o diploma de jornalismo e apresentam telejornais viram comentaristas ou narradores esportivos e por ai vai a maioria delas são ex-jogadores de futebol, ex ou atuais radialistas vindos do FM.

Hoje em dia as pessoas que cursam a faculdade de comunicação se formam em jornalismo, será que terão espaço nas grandes midias já que algumas funçoes são ocupadas por ex-jogadores de futebol e ex-treinadores, radialistas de FM que nao sao formados em jornalismo mais fizeram sucesso na comunicação do FM.

Quando a Record resolveu colocar o Tino Junior no RJ NO AR, até ai tudo bem e um grande radialista mais e jornalista? Não entende de alguns assuntos se perde mais sabe comandar bem o RJ NO AR por ter a dinamica de palco que tinha na BEAT 98. Nao seria bom um jornalista comandar o jornal e Tino por exemplo fazer um programa na Record de auditorio?

A Esporte Interativo contratou para seu quadro de narradores Anderson Cardoso que tambem é radialista de FM hoje tá na MIX FM mais nao tem diploma de jornalismo, mais se aventurou de narrador na Transamérica de 2008 a 2011 depois em 2010 foi narrar na TV Brasil, hoje e o novo contratado da Esporte Interativo..

E claro que a maioria dos narradores esportivos, apresentadores de telejornal alguns comentaristas são jornalistas mais parece que a midia que sempre chama atenção nesse fato citado é a midia do Rio de Janeiro? Nao entendo isso... Pra que isso, colocar locutor de FM que nao e formado em jornalismo para narrar futebol, para apresentar telejornal. 

O ex-jogador e o ex-tecnico para alguns na função de comentarista dizem que e melhor porque ambos conhecem a visão do campo, ja estiveram lá, mais será que a visão do jornalista nao e melhor do que a de um ex-jogador... 

Será que as faculdades de jornalismo do Rio nao tem bons professores? Ou os bons cursos profissionalizantes de radio jornalismo TV etc e que ajudam bastante na formação do profissional nao vao servir de nada na visão dos donos das rádios e da TV....

Infelizmente os ex-jogadores podem ser os perfis de comentaristas que as emissoras estão buscando algumas ainda mantem os jornalistas formados, e o que tem é que parar de colocar um rostinho bonito na TV para apresentar um telejornal ao menos que esse rostinho seja uma pessoa formada em jornalismo, ou que esse narrador esportivo mesmo sendo um locutor de FM que ele seja formado em jornalismo. 

Um comentário de um internauta nesse espaço me chamou atenção e irei reproduzir pequenos trechos para voces entenderem o porque dessa minha pergunta sobre o diploma de jornalismo

Voce só pode fazer cirurgia ou ver pacientes se voce for formado em medicina
Voce só pode construir casa se voce for engenheiro 
Ir a um tribunal de justiça para defender alguem ou acusar sem ser advogado

Como editor desse espaço eu sou a favor da obrigatoriedade do diploma de jornalismo para a pessoa poder excercer a função de jornalista seja ele na area que for. 











Nenhum comentário:

Postar um comentário