terça-feira, 20 de março de 2012

Record dedica mais de 25 minutos do 'Domingo Espetacular' para matéria do “apóstolo milionário”

Record dedica mais de 25 minutos do 'Domingo Espetacular' para matéria do “apóstolo milionário”


Anderson Scardoelli


Na última edição do ‘Domingo Espetacular’, a TV Record produziu uma reportagem com mais de 25 minutos de duração sobre supostas denúncias envolvendo o religioso Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus. A matéria, comandada por Marcelo Rezende, afirmou que o “apóstolo” desvia dinheiro dos fiéis para benefício próprio.

A reportagem da Record mostrou que Valdemiro é proprietário de duas fazendas no município de Santo Antônio do Leverger, em Mato Grosso. De acordo com a produção da Record, as propriedades – que juntas somam mais de 26 mil hectares e estariam, segundo a emissora, avaliadas em R$ 50 milhões – foram compradas em nome da Igreja Mundial e, posteriormente, repassadas para a W. S. Music, empresa controlada por Valdemiro.

valdemiro_-_recordValdemiro Santiago, da Igreja Mundial, foi personagem da matéria produzida pela TV Record. (Imagem: Reprodução)

O material produzido pela Record e exibido na noite do último domingo, 18, não poupou frases de efeito para definir a situação envolvendo a Igreja Mundial do Poder de Deus, o empresário Valdemiro Santiago e a compras das fazendas no Mato Grosso. “Vocês vão conhecer agora, de perto, o paraíso que o dinheiro dos fiéis da Igreja Mundial do Poder de Deus proporcionou a Valdemiro Santiago, o apóstolo”, disse Rezende.

Em outro momento, o jornalista disse que o trabalho de apuração e produção da reportagem durou mais de quatro meses e que “seguiu a trilha do dinheiro, que começa na doação dos fiéis e vai parar no bolso do novo criador de gado do pantanal [mostrando imagens de Valdemiro]”. A reportagem citou que o fundador da Igreja Mundial esteve em Santo Antônio do Leverger e fez com que o “milagre do enriquecimento” deixasse rastros.

Guerra de igrejas
Durante os últimos cinco minutos da reportagem, foi exibido o perfil e Valdemiro o tema foi o conflito entre a Igreja Mundial do Poder de Deus e a Igreja Universal do Reino de Deus, criada pelo empresário Edir Macedo, dono da Rede Record de Televisão. Rezende conta que Valdemiro foi durante 18 anos membro da denominação do dono da emissora de TV em que trabalha, mas que “abandonou” a igreja em 1998 e criou seus próprios templos religiosos.

A prisão de Valdemiro, por porte ilegal de armas em 2003, foi lembrada pela TV Record, que destacou que o religioso afirmou, na época, que o armamento estava sendo usado para caça e que pertencia a um de seus amigos. Para mostrar episódios da Mundial com a polícia, a reportagem informou que em 2010 três pastores da igreja foram presos acusados de tráfico internacional de armas e estariam, supostamente, envolvidos com bandidos dos morros cariocas.

O jornalista, para quem Valdemiro se “autointitula apóstolo”, afirmou, sem observações, que Macedo é “o bispo”. Na matéria, Rezende afirma que o presidente da Igreja Mundial “ataca com violência” o dono da Universal/Record. A reportagem também mostrou que mais de 50 templos da Igreja Mundial podem receber ordem de despejo por falta de pagamento de aluguel. “O que mais o apóstolo Valdemiro Santiago tem a esconder?” foi a pergunta que encerrou a matéria - disponível na capa do R7 desde a noite de domingo.

Fontre: Portal Comunique-se

Nenhum comentário:

Postar um comentário